Explore Bahia, Book Jacket and more!

Explore related topics

Frontispício de edição de 1775 dos poemas de Gregório de Matos | O compositor e músico brasileiro Caetano Veloso musicou o seu poema "Triste Bahia" gravado no album "Transa", de 1989

Frontispício de edição de 1775 dos poemas de Gregório de Matos | O compositor e músico brasileiro Caetano Veloso musicou o seu poema "Triste Bahia" gravado no album "Transa", de 1989

Jorge Amado -  Foi um dos mais famosos e traduzidos escritores brasileiros de todos os tempos. Ele é o autor mais adaptado da televisão brasileira, verdadeiros sucessos como Tieta do Agreste, Gabriela, Cravo e Canela e Teresa Batista Cansada de Guerra são criações suas, além de Dona Flor e Seus Dois Maridos e Tenda dos Milagres. A obra literária de Jorge Amado conheceu inúmeras adaptações para cinema, teatro e televisão.Seus livros foram traduzidos em 55 países, em 49 idiomas.

Jorge Amado - Foi um dos mais famosos e traduzidos escritores brasileiros de todos os tempos. Ele é o autor mais adaptado da televisão brasileira, verdadeiros sucessos como Tieta do Agreste, Gabriela, Cravo e Canela e Teresa Batista Cansada de Guerra são criações suas, além de Dona Flor e Seus Dois Maridos e Tenda dos Milagres. A obra literária de Jorge Amado conheceu inúmeras adaptações para cinema, teatro e televisão.Seus livros foram traduzidos em 55 países, em 49 idiomas.

Gregório de Matos Guerra (1636 - 1696), conhecido como Gregório de Matos, alcunhado de Boca do Inferno ou Boca de Brasa, foi um advogado e poeta do Brasil colônia | É considerado um dos maiores poetas do barroco em Portugal e no Brasil e o mais importante poeta satírico da literatura em língua portuguesa, no período colonial | "Triste Bahia! Ó quão dessemelhante  Estás e estou do nosso antigo estado!  Pobre te vejo a ti, tu a mi empenhado,  Rica te vi eu já, tu a mi abundante…"

Gregório de Matos Guerra (1636 - 1696), conhecido como Gregório de Matos, alcunhado de Boca do Inferno ou Boca de Brasa, foi um advogado e poeta do Brasil colônia | É considerado um dos maiores poetas do barroco em Portugal e no Brasil e o mais importante poeta satírico da literatura em língua portuguesa, no período colonial | "Triste Bahia! Ó quão dessemelhante Estás e estou do nosso antigo estado! Pobre te vejo a ti, tu a mi empenhado, Rica te vi eu já, tu a mi abundante…"

Neste sábado, 14 de março, comemora-se o Dia Nacional da Poesia. A data foi criada para homenagear um dos mais importantes nome poetas românticos brasileiros: Antônio Frederico de Castro Alves. Nascido na Bahia em 14 de março de 1847, o escritor ficou reconhecido por uma escrita fortemente ligada às causas sociais, como a abolição da escravidão.

Com vídeos de leituras, Toda Poesia celebra versos na web

Neste sábado, 14 de março, comemora-se o Dia Nacional da Poesia. A data foi criada para homenagear um dos mais importantes nome poetas românticos brasileiros: Antônio Frederico de Castro Alves. Nascido na Bahia em 14 de março de 1847, o escritor ficou reconhecido por uma escrita fortemente ligada às causas sociais, como a abolição da escravidão.

Como José J. Veiga elaboraria o depoimento de J. Hawilla para o FBI?

Entre Irmãos

Como José J. Veiga elaboraria o depoimento de J. Hawilla para o FBI?

Dorival Caymmi (1914- 2008). Baiano, compositor, poeta, violeiro e pintor, ainda menino, cantava no coro da igreja. Foi para o Rio em 1938 e, entre reis e rainhas do rádio, criou estilo inconfundível, quase sem seguidores na MPB. Cantou o mar, as festas populares, as tradições de sua amada Bahia. Cantou também as mulheres, o amo, tornou-se um bem precioso para a cultura brasileira,

Dorival Caymmi (1914- 2008). Baiano, compositor, poeta, violeiro e pintor, ainda menino, cantava no coro da igreja. Foi para o Rio em 1938 e, entre reis e rainhas do rádio, criou estilo inconfundível, quase sem seguidores na MPB. Cantou o mar, as festas populares, as tradições de sua amada Bahia. Cantou também as mulheres, o amo, tornou-se um bem precioso para a cultura brasileira,

(1866-1909) Foi jornalista, professor, poeta e escritor brasileiro, autor da obra 'Os Sertões'. Foi enviado como correspondente ao sertão da Bahia, pelo jornal O Estado de São Paulo, para cobrir a guerra no município de Canudos. Seu livro narra e analisa os acontecimentos da guerra. Foi eleito em 21 de setembro de 1903 para a cadeira nº 7 da Academia Brasileira de Letras. Obras: 'Contrastes e Confrontos', Peru Versus Bolívia,  Castro Alves e o Seu Tempo, A Margem da História. ―Euclides da…

(1866-1909) Foi jornalista, professor, poeta e escritor brasileiro, autor da obra 'Os Sertões'. Foi enviado como correspondente ao sertão da Bahia, pelo jornal O Estado de São Paulo, para cobrir a guerra no município de Canudos. Seu livro narra e analisa os acontecimentos da guerra. Foi eleito em 21 de setembro de 1903 para a cadeira nº 7 da Academia Brasileira de Letras. Obras: 'Contrastes e Confrontos', Peru Versus Bolívia, Castro Alves e o Seu Tempo, A Margem da História. ―Euclides da…

Conheça Cabaceiras do Paraguaçu na Bahia, terra do poeta baiano Castro Alves.

Conheça Cabaceiras do Paraguaçu na Bahia, terra do poeta baiano Castro Alves.

"Na vida só vale o amor e a amizade. O resto é tudo pinóia, é tudo presunção, não paga a pena..."Jorge Amado.

"Na vida só vale o amor e a amizade. O resto é tudo pinóia, é tudo presunção, não paga a pena..."Jorge Amado.

Pinterest
Search