Pinterest • The world’s catalogue of ideas

Explore Muk, Matthew and more!

Mateus Mendonça lamenta: Pobre calçada, atingida por monstrengos do Pokémon. A calçada até que estava bem cuidada e preservada, mas o que fazer quando os inescrupulosos Weezing Koffing, Garbodor, Grimer e Muk decidem atacá-la?

Nossos pedestres também desfilam no tapete vermelho rumo ao Oscar é o título do trabalho de Lindomar Oliveira. Já que a calçada está intransitável, que tal acrescentar um pouco de sofisticação ao dia a dia? Vamos de passarela no meio da rua porque é muito mais glamuroso.

A natureza pede socorro por Vanessa Dias. Sangrando, indefesa, como alguém que foi atacado inocentemente, a árvore resiste com bravura ao ser ferida pela inconsequência de uma calçada.

O super pedestre contra as forças da calçada é o trabalho de Luci Matias. Dentro em breve, teremos que desenvover a habilidade de voar para fugir de buracos, entulhos e poças de lama. Para o alto e avante!

Procurando um buraco para se esconder é o trabalho de Edla Mendes. Nem o pobre do avestruz aguentou tamanha decepção e contrariedade com as calçadas do Recife: tratou logo de tirar a vista dessa vergonha.

Geju, We Have a Problem! de Luana Alencar. Um pequeno passo para o homem, mas um grande passo para os recifenses: recentes descobertas científicas nas crateras da cidade animam todos os pernambucanos!

Perigo real e imediato é o trabaho de Ana Teresa Quesado. Uma calçada... um obstáculo... somente uma chance para escapar! Nessa selva de pedra cheia de armadilhas apenas os mais fortes sobrevivem.

Prefeitura investirá R$ 20 milhões para recuperação de calçadas no Recife A Prefeitura do Recife anunciou, nesta quarta-feira (08), que vai investir R$ 20 milhões na recuperação de calçadas e canteiros no entorno dos prédios públicos do Executivo Municipal ou sob sua responsabilidade. O projeto também prevê obras de melhorias nas condições de acessibilidade para pessoas com problemas de mobilidade em cente Publicação: 08/05/2013 20:46 Atualização: 08/05/2013 23:11 (Leia [+] clicando na…

Pedestres perdem na briga com carros nas ruas e calçadas do Recife No Recife, é fácil constatar: a lógica do trânsito contraria a regra legal. A regalia de prioridade pedestres garantida pelo Código Nacional de Trânsito não é só sistematicamente desrespeitada como invertida no tráfego já caótico da capital pernambucana. Nos bairros centrais e nos que concentram a classe média da cidade, desrespeitos a quem anda a pé são vistos cotidianamente: carros estacionados nas calçadas, veículos em

Desleixo e irresponsabilidade fazem das ruas do Janga um caos O total abandono a que o moradores do Janga, município de Paulista , são tratados é notório, parece que o dinheiro do IPTU daquela localidade não serve para nada. A Prefeitura verdadeiramente abandonou as ruas do bairro. Uma prova disso são as Ruas Aureliano Artur Soares Quincas e Monteirópolis, além dos buracos e da falta de iluminação, as vias ainda só tem meta segunda-feira, 3 de junho de 2013 (Leia [+] clicando na imagem)